Lucky


* LUCKY “ORELHÃO” * (11 de dezembro de 2016)

O nosso querido LUCKY, o nosso adorável “ORELHÃO”, o nosso “Rodinhas” SUPER DOG, partiu ontem, Domingo, de manhã, para o Céu de Cão:'( Não foi uma partida inesperada. Todos aqueles que acompanham regularmente a nossa página especial, Rodinhas & Cãopanhia” Uma Página Especial do Parque da Terra Nova “, onde vamos partilhando as peripécias e notícias dos cães paraplégicos ao nosso cuidado, sabiam que o LUCKY já estava doente há alguns meses, que ia sendo submetido a observações veterinárias e controles analíticos regulares, e que estava a receber tratamentos (medicação), aos quais ia reagindo mais ou menos favoravelmente, e que tinha dias muito bons, alternados com dias francamente maus. O que só um número restrito de pessoas sabia, era que a doença do LUCKY era muito grave e incurável – linfossarcoma – e que, na sua avançadíssima idade – quase 13 anos, o que, num Basset Hound, representa uma idade verdadeiramente excepcional – qualquer terapêutica específica, longe de garantir algum tipo de recuperação, iria retirar-lhe a qualidade de vida de que, apesar de tudo, ainda poderia usufruir durante mais algum tempo, pelo que se optou por lhe prestar os cuidados paliativos indicados. E valeu a pena. No entanto, na 6ª feira, reapareceram alguns sintomas que antes tinha sido possível debelar, mas, apesar de, no sábado, após o tratamento recebido, o nosso LUCKY ter experimentado algumas aparentes melhoras, o desfecho para o qual nos vinham avisando para nos prepararmos – nós, a Equipa que dele cuidou até ao fim, e a sua dedicadíssima Protectora – chegou, curiosamente após uma noite calma, e como referimos, no Domingo, de manhã… também calmamente, com toda a serenidade, e sem qualquer sofrimento. :'( O LUCKY já estava connosco desde 2011, tendo-nos sido confiado pela sua Protectora depois desta ter feito os possíveis e os impossíveis para o conservar na sua companhia, infelizmente sem sucesso, devido a problemas causados por terceiros. No início, e por considerarmos que o LUCKY seria mais feliz numa casa, junto de uma família que o acarinhasse, chegamos, naturalmente com o acordo da sua Protectora, que sempre desejou o melhor para ele, a disponibilizá-lo para adopção muito responsável. Porém, nada menos que por quatro vezes, o LUCKY manifestou-se claramente contra qualquer mudança – em alguns casos, de forma, digamos, bastante “incisiva”… – e demonstrou, de forma igualmente clara, que era aqui que queria ficar, e que tinha escolhido o Parque da Terra Nova para ser o seu LAR!… 🙂 No meio da nossa tristeza, não podemos deixar de sorrir, ao recordar a determinação deste nosso inteligente LUCKY, que se tornava num verdadeiro “terror” perante os mais bem intencionados e carinhosos potenciais adoptantes… voltando a converter-se num “anjo”, com o olhar mais doce deste mundo, quando regressava… aos SEUS domínios!… – E assim, aqui ficou o LUCKY, com a sua inconfundível voz de trovão, o seu enorme despacho, a sua infindável energia… e a sua atitude deliciosa de “grande senhor rural”! 😀 E nenhuma dessas características se perdeu quando, em Janeiro deste ano, uma ruptura dos discos intervertebrais retirou, ao LUCKY, toda a mobilidade dos membros posteriores!… Na realidade, não demorou mais de uma semana, após ter obtido o seu auxiliar de locomoção, especialmente concebido para ele na Dog Locomotion, a adaptar-se à sua nova condição de “Rodinhas”… tendo rapidamente passado a ser, dos três, aquele que com maior desenvoltura se movia… pelos campos, pelos pátios, e até pelas escadas abaixo do “Palace Rodinhas”, que partilhava com o ANGEL e o RUBITO (os outros dois paraplégicos) e outros “cãopanheiros” com necessidades especiais!  Estas duas fotografias, que escolhemos para esta homenagem – a de cima, tirada em 2011 pelos nossos queridos Amigos e “Cãopadres” Maria Jose Laranjeira Azevedo e Francisco Azevedo, e a de baixo tirada em Abril deste ano pela Focinhos sem Dono – representam a forma como queremos recordar, para sempre, o nosso querido LUCKY “ORELHÃO”: Cheio de energia, percorrendo, FELIZ, o seu espaço predilecto do Parque da Terra Nova, aproveitando, plenamente, cada instante da VIDA!  E… sabem, agora é com um sorriso de verdade, embora profundamente comovido, que, juntamente com a sua extraordinária Protectora, Marlene Da Cal, dizemos… ATÉ JÁ, querido, maravilhoso, inesquecível LUCKY… pois bem ouvimos o teu inconfundível vozeirão a desafiar-nos a ir contigo dar mais uma voltinha… e os nossos corações já vão… a correr!…  – A Equipa do P.T.N.